terça-feira, 8 de maio de 2012

Trilhos



A maria fumaça passa, esfumaça

Chispas, faíscas nas triscas

O atrito da roda no ferro

O elo que segura o vagão…

Som!

A margem emoldura a paisagem

Que corre, que move na tarde

que morre correndo da janela

Aqui, acolá, além, lá vai o trem…

Fom!

Linhas paralelas de ferro polido

das rodas de ferro da locomotiva

traças as retas como pautas vazias

o trem  escrevendo e apagando

Bom! Bombom!

Doces as róseas imagens da tarde

Cheiro de óleo, de chuva e chispas

Riscas a tarde com retas concretas

Cicatriz do tempo, chegada, partida
Postar um comentário