segunda-feira, 9 de março de 2015

Fiat Lux

Painting by Mercedez Farina

Há um movimento no ar
Renoir

Ninfetas refletem em cliché
Monet

Relógios derretidos ao porvir
Dali

Corações abertos, feridas
Frida

Abaporu o aborígene de argila
Tarsila

Escorre das eras a mesma
cor, resplendor de dores
de amores
epifanias multicolores

Cromos e Cronos
Despertar
Sonos

Emaranhados na teia
idéias e sonhos
escorrem das veias
Ampulhetas vazias
Castelos de areia

Dualmente
A esfinge alva fita
Decifra
O pensador negro definido
Pondera eterno a divagação vã
Rodin

Nos tubos filheiros
Descansam ainda as tintas
os cinzéis, as rimas
E súbito
da pedra bruta
O grito

Postar um comentário